Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Veja 4 dicas de como organizar um mercadinho e suas mercadorias

A organização é parte fundamental de qualquer negócio. Quem entra no ramo do varejo deve estudar quais práticas são usuais no setor e quais motivos fizeram com que elas fossem repetidamente utilizadas por gerações até ganharem notoriedade. Para você sair na frente e entender um pouco mais sobre esse tema, nesse post elencamos alguns conselhos valiosos sobre como organizar um mercadinho.

Todos já ouviram falar que a propaganda é a alma do negócio e, dentro desse conceito, também está o marketing. A disposição dos produtos em um arranjo sistematizado nas prateleiras do seu estabelecimento é uma das estratégias mais antigas, simples e funcionais do marketing de varejo e deve ser tratada como uma ação imprescindível para o sucesso de qualquer tipo de estabelecimento.

Não existe nenhum segredo nessa tática: uma boa distribuição das suas mercadorias pode ajudar muito na hora de atrair os consumidores e vender mais. Mas, você sabe como colocar isso em prática? É importante, antes de tudo, considerar alguns aspectos.

 

Os grandes segredos dos mercados

Abaixo, relacionamos três dos principais aspectos para levar em consideração na hora de tomar algumas definições quanto a organização do seu negócio.

Caixas tentadores – Na hora de pagar, o cliente está diante dos produtos que você oferece para ele. Atendimento rápido é sinônimo de fluxo de pessoas e, assim, de visibilidade para o que você escolher destacar nas filas dos caixas. Promoções devem, preferencialmente, ficar no começo dos locais de pagamento.

O mais importante depois – Em qualquer varejista, os itens essenciais, como de alimentação e higiene, são os últimos da loja. Isso acontece porque o cliente precisa atravessar parte do local para encontrar os produtos que costumam ser prioritários em sua casa. Assim, ele faz contato por mais tempo com outros itens que também podem ser do seu interesse.

Iguais e juntos – Produtos semelhantes ou complementares vendem mais juntos. Quem nunca viu carne, carvão e farofa, um ao lado do outro na hora de comprar? Ou arroz e feijão e massas e molhos? Assim, coisas que são utilizadas juntas, devem estar organizadas juntas. Isso faz com que os clientes se desviem menos e não se esqueçam de nenhum produto, comprando mais.

Cores e sabores – Doces, brinquedos e produtos ilustrados com personagens infantis são tentadores para pais que paparicam seus filhos e para as próprias crianças. É importante dar destaque para esse tipo de mercadoria atrativa e irresistível.

 

Como organizar um mercadinho? Confira 4 dicas:

  1. Com essas dicas em mente, repare que uma prateleira bem organizada é dividida em cinco níveis. São eles: cabeça, olhos, cintura, abaixo da cintura e chão. Na altura da cabeça, ficam os produtos menos procurados. Na altura dos olhos devem estar os produtos que possuem a maior margem de lucro para a empresa. O mesmo vale para os produtos na altura da cintura. Abaixo da cintura podem ficar itens mais baratos e corriqueiros. No chão devem estar às mercadorias mais pesadas.
  2. Eles podem ser organizados por marcas de maneira vertical nas prateleiras. Assim, é fácil identificar cada item e, conforme o cliente caminha, vai entrando em contato com os diferentes rótulos da mesma marca. Também é possível organizar os mesmos itens horizontalmente, apesar de não ser tão indicado. Isso porque enfileirar produtos dessa maneira proporciona um menor impacto visual.
  3. As pontas das prateleiras também são um local nobre. Nas esquinas dos corredores, com o campo visual ampliado, os produtos ganham maior destaque. É importante, entretanto, expor poucos itens nesses espaços, para que a atenção sobre eles não seja dividida. Outras técnicas muito difundidas envolvem expor produtos em pontos não naturais da loja e organizar prateleiras pelas datas do momento, como é feito com os ovos de chocolate durante a Páscoa ou com os panetones no Natal.
  4. Nenhum produto deve ser apresentado sem seu preço. Se o cliente notar algum produto sem preço, não vai efetuar sua compra. Sua organização impecável não importará nada se ele não souber quanto vai pagar e seu trabalho terá sido inútil.

 

LocalBox

A LocalBox oferece soluções inteligentes para o seu negócio. Você pode alugar um box exclusivo, como no sistema Self Storage – muito comum nos EUA e em países europeus – e armazenar o que quiser de forma segura e barata. É você quem carrega a chave de acesso e tem acesso ao local escolhido de segunda-feira a sábado. Precisa estocar produtos ou quer saber mais sobre a organização de um mercadinho? Clique aqui, fale conosco e conheça seu novo parceiro na armazenagem e organização das suas mercadorias.

 

Imagem: AEKKARAT DOUNGMANEERATTANA | iStock / Getty

0 Respostas para “Veja 4 dicas de como organizar um mercadinho e suas mercadorias”


  1. Sem comentários

Deixe um comentário