Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Arquivo

Invista na organização de armários para o outono

Organização de armário

O verão vai chegando ao fim e mais um outono se aproxima – e, com certeza, você já está pensando nos dias que aos poucos começam a esfriar nessa temporada, além daqueles casacos que eventualmente vai precisar tirar do armário. Em muitos casos, a desorganização vai dificultar muito a sua vida, especialmente se os itens de verão ainda estiverem atrapalhando e ocupando um grande espaço no seu armário – não só vestimentas, mas acessórios e até itens de praia. Uma pequena faxina e reagrupada nos itens do seu armário ou closet vão garantir o clima para uma nova estação nos próximos meses, para que você possa aproveitar o aconchego que o frio nos dá nesse período. Algumas dicas simples vão ajudar na missão, especialmente se você dispõe de um espaço de Self Storage para guardar o que precisa. Contando com esse espaço extra, você consegue ter em mãos tudo o que precisa com mais praticidade e rapidez.

Roupas

Os primeiros itens que merecem ir para o fundo do guarda-roupa ou ainda serem armazenados em outro lugar são as peças de vestuário. Com o frio se aproximando, é necessário trocar as roupas de calor pelas de frio, ou seja, alguns itens como roupas para praia e piscina, e também cangas ou toalhas, não serão necessários nessa estação. Sempre tenha o cuidado de guardar os tecidos delicados com mais atenção, para não amassar ou prejudicar o material. Além disso, existem peças que precisam de um espaço arejado, para que não se amassem ou adquiram manchas. Embalar a vácuo é uma excelente opção, garantindo mais espaço para guardar o que você precisa e livrando algumas gavetas para os itens de outono e inverno.

Roupas de cama

As roupas de cama também mudam conforme as estações. Para saber como organizar o armário do quarto, basta pensar no que você usa com mais frequência. É claro que os jogos de lençóis precisam sempre estar à mão, mas mantas mais leves ficam ao fundo e cobertores mais pesados são trazidos para frente. As embalagens a vácuo também são muito úteis, mas lembre-se de tirar tudo com antecedência para arejar as peças antes de o inverno chegar.

Sapatos

Os sapatos podem ficar armazenados nas próprias caixas, desde que elas possuam furos e espaços para ventilação – especialmente no caso de tênis e sapatos fechados, que precisam ser guardados em um espaço ventilado, livre de umidade e de exposição ao sol. Antes de usar as botas nessa estação, por exemplo, limpe-as bem tanto na parte externa quanto na interna. Use apenas um pano ou flanela delicados a seco, sem adicionar nenhum produto. No caso dos sapatos fechados ou sandálias mais estruturadas, vale a pena inserir um pedaço de papelão na parte interna para garantir que os calçados fiquem retos e não se dobrem ou amassem.

Cozinha

Nos armários de cozinha, a organização fica ainda mais fácil: não há segredo nenhum em como organizar o armário de cozinha. Diminua a potência do refrigerador para garantir a economia no armazenamento dos alimentos nos dias mais frios. Mesmo com temperaturas mais baixas, ainda se deve ter cuidado com alimentos guardados fora da geladeira. Guarde os itens de verão nas prateleiras mais altas – é o caso de utensílios para sorvetes e milkshakes. Por fim, o cuidado com os alimentos deve se manter durante todo o ano, embora seja menos do que no verão; cubra sempre e evite qualquer problema.

O que você vai usar

Monte uma lista básica com os itens que você vai precisar durante essa estação. Esses elementos precisam estar mais perto de você e também mais acessíveis para usar. Deixe o que você não usa no guarda móveis e retire de lá objetos para aquecimento e cobertores mais pesados. Opte também pelos organizadores de armários em casa para facilitar o processo de limpeza e aplicar sua lista de maneira mais simples. Assim, um outono aconchegante e um inverno quentinho, repleto dos itens de que você precisa, te aguardam.

Praticidade do Self Storage: espaço de mais ou de menos

self storage

Hoje em dia, passa-se pouco tempo em casa: com trabalho e lazer, é muito comum estarmos mais em estabelecimentos públicos do que em nossas residências e, por consequência, algumas residências são usadas apenas para dormir e guardar móveis e pertences. A vida corrida, principalmente nas grandes cidades, transforma estes espaços particulares – ou seja, por passarmos pouquíssimo tempo neles, a necessidade de ter imóveis espaçosos é quase inexistente.

Embora os ambientes residenciais venham diminuindo cada vez mais, a quantidade de itens que possuímos continua a mesma. Dessa forma, é bastante frequente a falta de espaço para guardar mobílias e até objetos menores que não usamos com regularidade, mas que ainda merecem ser preservados. Pensando nisso, existe o conceito de Self Storage , que traz aos clientes o espaço de que eles precisam com muito mais privacidade e menos burocracia.

O que guardar em um self storage?

O diferencial de um self storage é a variação do espaço disponível aos clientes. São boxes de diversos tamanhos, que podem acomodar uma quantia mínima de objetos ou até móveis e eletrodomésticos de grande porte. Por isso, é ideal para projetos pessoais e para dar apoio a empresas: são diversas as situações que eles podem contornar em ambos os casos, por serem muito funcionais.
Então, independente do volume que os itens ocupam, ter um box em um self storage é uma escolha assertiva. Ademais, a praticidade de poder acessá-lo sem nenhum incômodo e com muita segurança, faz com que até itens sazonais, como cobertores pesados de inverno e itens de praia para o verão, possam ser armazenados com tranquilidade. De todo modo, tudo o que você deseja preservar – de objetos que necessitam de cuidados especiais àqueles que não precisam de muita manutenção – pode ser alocado em um self storage.

Conceito inovador

Por aqui, preocupações com as contas a pagar todo mês e a burocracia na hora de alugar um imóvel passam longe. Tudo isso já é um enorme passo na praticidade, especialmente se você pensar em toda as horas gastas na papelada. A economia também está presente em contratos mensais, assim, você só paga pelo tempo que usar sem precisar ficar atrelado a esse espaço.

A segurança do espaço também tem se destacado como um dos diferenciais. Afinal, a Local Box é estruturada para receber seus bens com segurança. Você terá uma chave para o box que garante o acesso exclusivo aos itens que você armazena. Sempre contando com localizações centrais que facilitam a sua logística e tornam o acesso muito prático e rápido. Sem contar no cuidado de selecionar regiões livres de enchentes e outros problemas da metrópole. Basta conhecer para se encantar com essa nova tendência.

Conheça mais sobre os tipos de armazenagem

Ensuring the order is ready for shipping

Se você tem um negócio, com certeza a armazenagem é um dos principais pontos na lista de preocupações e gastos. O estoque é um item de extrema relevância ao pensar no planejamento de diversos tipos de negócio. Com o crescimento do comércio virtual, essa importância cresce ainda mais, fazendo com que a logística e as estratégias de entrega se tornem elementos cruciais para ter sucesso no mercado. Para entender mais sobre o tema e ainda ficar por dentro de opções vantajosas entre os variados tipos de armazenagem, dê uma olhada nas dicas que separamos:

 

Depósitos próprios

Essa opção requer um investimento grande e com certeza demandará muitos gastos. Em geral, esse tipo de armazenagem está presente apenas em empresas e marcas grandes que dispõem de um bom espaço para guardar todo o estoque. Nesse caso, os processos são gerenciados pela empresa proprietária da mercadoria. Ou seja, há também um trabalho maior para gerir a logística e até mesmo os sistemas de manuseio dos materiais para garantir o controle de fluxo e caixa. Assim, tudo precisa ser resolvido internamente pela própria empresa, o que pode se tornar uma dificuldade.

 

Armazém Geral

Os armazéns gerais são uma saída adotada por uma série de empresas de logística. É possível até mesmo contar com depósitos refrigerados e temperaturas baixas para alimentos congelados. Nesses ambientes são armazenados até mesmo medicamentos e produtos químicos que exigem baixas temperaturas. Essa opção é perfeita para larga escala e, no caso de depósitos alfandegados, há um licenciamento pelo governo para armazenar produtos antes do pagamento de impostos ou direitos alfandegários.

 

Depósitos contratados

Combinando as principais características dos dois tipos de armazenagem citados anteriormente, os depósitos contratados garantem máxima eficiência e flexibilidade. Tudo isso reflete mais praticidade na vida dos empresários, que conseguem garantir o serviço de alta qualidade e a logística para entregas a tempo e com custo menor. Esse ramo vem crescendo cada vez mais no Brasil, especialmente, pelas vantagens e economia de escala, e os benefícios crescem ainda mais na armazenagem logística, no mercado de guarda móveis e no aluguel de espaços com diferentes tamanhos. É o caso do self storage, que traz mais independência e as melhores condições no espaço que você precisa para armazenar tudo.

 

Mudança sem bagunça: confira 5 dicas

Young couple moving into new apartment

Mudar de casa pode parecer uma grande missão para muita gente, especialmente, por causa da bagunça e do trabalho envolvido em todo o transporte e arrumação. No entanto, com dicas de mudanças especiais, você já pode considerar essa missão como cumprida. E tudo isso sem estresse ou cansaço, garantindo que tudo chegue intacto e nada se perca no caminho. Você garante também mais praticidade e organização, sem o desgaste de procurar por algum item perdido.

 

Faxina

Antes de mais nada, invista na faxina da casa nova. Deixe tudo limpo e o espaço livre para que as caixas sejam acomodadas sem problemas. Pense também nas áreas de passagem, retirando móveis e também permitindo que até itens maiores, como armários, consigam passar com tranquilidade. A faxina para entrar na casa nova merece até mesmo aquela atenção redobrada nos pequenos cantos e uma boa lavagem do piso para começar uma nova fase nesse espaço.

 

Malas

Use suas malas a seu favor. Elas são perfeitas para o transporte das suas roupas, sapatos e acessórios. O melhor de tudo é que você garante que tudo esteja protegido e em segurança. Quando chegar na casa nova, já providencie a lavagem de alguns itens. O ferro será seu melhor amigo para passar todas as roupas e deixar tudo pronto para uso.

 

Identifique as caixas

Antes de sequer sair da casa antiga, prepare as caixas de acordo com cada cômodo, assim fica mais fácil de posicionar já na hora de transportar e deixar tudo em seu devido lugar. Se você for ainda mais organizado, vale a pena separar as caixas por categoria e listar o conteúdo na parte de fora. Dessa forma, fica mais fácil sinalizar os itens mais frágeis e aqueles que podem ser empilhados sem problema.

 

Guarda móveis

Uma das soluções mais práticas para quem busca espaço e facilidade nas mudanças residenciais, os guarda móveis são perfeitos para a fase de adaptação. Afinal, nem sempre os prazos conseguem ser encaixados para garantir que sua casa nova esteja pronta na hora que você for deixar o lar antigo. Você consegue guardar tudo provisoriamente e pelo tempo que precisar, sem ficar atrelado a contratos ou deixar seus bens na casa de parentes ou amigos.

 

Prioridade

Na ordem de prioridade, coloque sempre os itens de primeira necessidade na frente. Por isso, abra sempre as caixas com toalhas, roupas e itens básicos de cozinha primeiro. Deixe para depois objetos como louças mais elaboradas e a decoração – esses itens podem ser organizados aos poucos ao longo da semana. Isso facilita muito na organização de mudanças e permite que você já aproveite os primeiros dias no novo lar.

Como guardar sapatos de couro?

Men's dress shoes lie together in closet. No people.

O couro é um dos materiais mais refinados do mundo da moda. Ele está presente em roupas, acessórios e especialmente nos calçados de luxo. Quem tem um bom item de couro sabe da durabilidade e da qualidade que esses produtos têm, além do custo alto na hora de comprar. É por essa e tantas outras que o cuidado com eles deve ser redobrado, afinal, a pior coisa é perder um objeto de couro só porque você não soube guardar bem. Caso ele seja bem armazenado, o calçado de couro será seu companheiro por décadas. E não há mistérios: basta seguir algumas ideias para guardar sapatos e ficar com a consciência limpa.

Tipos de couro

Antes de mais nada, é preciso saber diferenciar os tipos de couro, e também se o item de couro que você possui é realmente natural e não artificial. O couro sintético é mais leve e mais barato que o couro natural, exigindo também menos cuidados. A atenção também deve ser diferente no caso da camurça, nobuck, couro de cobra, couro de crocodilo e couro com verniz. No caso da camurça e nobuck, a limpeza deve ser feita com uma escova de cerdas macias, para retirar a sujeira e pelos. Já no caso do couro de crocodilo, cobra e com verniz, a melhor alternativa é uma flanela bem suave e sem adição de qualquer produto. Assim você evita que eles sejam danificados ou acabem sendo riscados por alguma escova.

Evitar

Tenha sempre em mente a regra: couro e água não se dão bem. O couro se degrada com a umidade e a presença de água; por isso, não deixe nunca os calçados de molho. Para a limpeza, sempre use um pano limpo e seco, retirando o pó e a sujeira. Uma boa maneira de garantir a sua conservação é também evitar usá-los por dois dias consecutivos. Deixe-os sempre descansando em um lugar fresco e use-os apenas no dia seguinte, para evitar que o suor acabe gerando fungos.

Cuidado com a limpeza

A limpeza dos sapatos não deve ser feita nunca com água ou produtos químicos. Não use produtos como sabão, detergentes ou desinfetantes. Caso você molhe sem querer, deixe secando naturalmente na sombra. De modo algum opte pelo secador de cabelos, máquina de secar ou deixe pendurado atrás da geladeira. A melhor maneira de garantir um visual de como o calçado tivesse acabado de sair da loja é hidratar o couro. Isso pode ser feito esporadicamente e deve ser executado depois que os sapatos estiverem bem limpos. As melhores opções são produtos específicos para o couro, mas você pode também usar o hidratante corporal.

Ao guardar

A maneira de guardar sapatos de couro é também muito importante. Se você deixá-los amassados ou sob outros calçados, as marcas podem ser permanentes. Não amasse a sola ou a estrutura do seu calçado, não o entorte e sempre mantenha o sapato livre de qualquer pressão. Aproveite as caixas que vieram da loja para proteger e guardar tudo com segurança e cuidado. As botas, por exemplo, não podem ser dobradas e um suporte interno de papelão ajuda a mantê-las de pé.

Ambiente

Por fim, o mais importante. O ambiente em que você guarda seus objetos de couro é um detalhe que não pode ser negligenciado. É preciso evitar a umidade e a exposição ao sol, que são os principais fatores que degradam o visual do couro natural. Uma alternativa excelente para armazenamento é optar pelo self storage para guardar diversos itens de couro e objetos pelo tempo que você precisar. Isso também pode ser aplicado para as empresas, que podem desfrutar do espaço para manter um estoque de mercadorias seguro e com boas condições para guardar os produtos em couro. Os espaços permitem ter ideias criativas para guardar sapatos economizando espaço e garantindo mais praticidade na sua rotina.

Se você quiser saber mais sobre como guardar os sapatos corretamente, entre agora na Localbox, e encontre as melhores soluções em Self Storage, Armazenagem e Guarda Móveis. Confira!

 

5 dicas para tirar seu empreendimento do papel em 2017

5 dicas para tirar seu empreendimento do papel em 2017

A chegada do final do ano desperta também os planos para o novo período que começa. Esse é o período de começar a arquitetar as realizações do próximo ano e mexer os pauzinhos para que tudo aconteça conforme o planejado. Aproveite essa época de otimismo e agitação para garantir a animação que você precisa para tirar seus planos de negócio do papel. 2017 pode ser o ano em que você realizará o sonho de se tornar um empreendedor, e isso só depende de você. O desafio fica menor com algumas dicas que podem parecer simples, mas que ajudam na hora de listar tudo o que você precisará fazer.

Pesquise e planeje

Um plano de negócios é indispensável para tirar tudo do papel. Ele deve começar a ser preparado desde já, pensando que muitos dos processos requerem tempo e paciência da parte do investidor. Por isso, explore e pesquise bem sua área de negócios, com foco na inovação e pesquisa sobre um segmento em que você encontrará um espaço. Outro fator importante é também pesquisar a legislação envolvida – tanto para abrir uma empresa quanto para a instalação de um espaço físico, por exemplo.

Conheça o consumidor

Um fator decisivo para uma marca que está se construindo é saber com quem ela está dialogando e para quem ela deseja vender. Isso ajuda na construção de elementos que vão desde a linguagem até às características visuais agregadas à sua empresa. Você consegue ter um direcionamento através da escolha dos serviços ou produtos ofertados e, principalmente, da pesquisa de público.

Site

Atualmente, não estar na internet representa um dos piores erros para qualquer empreendimento. Ela já faz parte da realidade de qualquer consumidor e se tornou uma das principais vias de comunicação da sua marca com o público. Crie um site, prepare as redes sociais e busque conteúdos que atraiam novos consumidores. O foco no e-commerce é crucial, pois é uma das áreas que mais crescem no país e que se desenvolvem cada vez mais, especialmente no meio mobile.

Investimentos

Busque as fontes de investimento para realizar tudo o que você deseja nesse ano. Pense sempre em metas concretas e possíveis de atingir. Excelentes opções são incubadoras, crowdfunding e até mesmo um auxílio governamental. Uma excelente ideia são os investidores anjo: profissionais que auxiliam não só com o capital inicial, mas com toda a consultoria e orientação estratégica para o sucesso do seu projeto. Tudo isso com uma participação no capital da empresa, é claro.

Estoque

Por fim, chegamos a um dos pontos estratégicos mais importantes. O estoque de mercadoria é um grande entrave para quem está começando, justamente pela falta de espaço e dos custos para alugar um imóvel. A resposta está justamente no self storage, que permite novas maneiras para entender como organizar um estoque. A armazenagem fica muito mais fácil e não há tanta burocracia – você só paga pelo tempo que usar e não precisa ficar atrelado a contratos muito longos. Sem contar a facilidade de não ter que se preocupar com impostos ou contas, como água e luz. O melhor de tudo é que esse espaço, mesmo depois de você ter conseguido ajustar a logística própria, pode ser usado para arquivo morto por sua empresa no futuro.

Como organizar uma festa em casa

Como organizar uma festa em casa

Amigos em casa, família reunida e muita diversão para uma noite toda. Esse é o cenário perfeito de uma festa de final de ano, seja no Natal ou no Ano Novo. Para conseguir esse clima de celebração e nenhuma preocupação, nada melhor do que planejar tudo com antecedência. Fica mais fácil de conseguir oferecer uma boa experiência para os seus convidados e até mesmo relaxar e curtir sua própria festa. Por isso, confira aqui algumas dicas de como fazer festa em casa que vão ajudar muito no processo.

Espaço livre

Nossa casa é cheia de móveis que compõem a decoração. São sofás, mesas e até mesmo objetos de decoração que dificultam a circulação das pessoas pelo ambiente. É por isso que esse detalhe é o primeiro na hora de pensar em usar sua casa para uma festa. Deixe apenas o que é extremamente necessário e busque um lugar para guardar o resto. Uma boa alternativa são os guarda-móveis, justamente para quem não tem outro espaço para deixar suas coisas e não quer atrapalhar ninguém. É muito mais fácil e sem burocracia arranjar esse espaço para manter seus móveis apenas durante a época das festas. Você paga apenas pelo tempo que usar, sem ficar atrelado à burocracia ou outra preocupação.

Para sentar

Depois de livrar seu espaço, pense também em lugares para acomodar todo mundo com conforto. Procure opções diferentes para sentar e relaxar, sem criar um revezamento das cadeiras ou deixar alguém desconfortável. Assim fica mais fácil de conversar e interagir, e você não precisa ficar a noite toda de pé. Uma boa opção são pufes e almofadas que criam um clima mais descontraído e informal. Da mesma forma que a dica anterior, você pode usar um serviço de armazenagem para deixar seu sofá e pegar emprestado ou alugar algumas cadeiras, para ninguém ficar sem um lugar para descansar.

Cardápio

Elabore sempre um cardápio inclusivo, tendo em mente o gosto de que cada convidado. Se você tem um vegetariano na família, não esqueça de adicionar receitas que não levem nenhum tipo de carne. Na maioria dos casos, é possível ser criativo sem desagradar ninguém. Tenha em mente que o simples e o tradicional sempre agradam e, por isso, não deixe de incluir os pratos mais clássicos dessa época do ano. Uma boa alternativa para quem está enfrentando esse problema é pedir que cada um leve um prato. Assim, todo mundo acaba satisfeito.

Decoração

Um detalhe que também é importante é a decoração. Ela pode parecer mero acessório, mas uma boa decoração pode mudar completamente o clima da festa. Se você decorar bem o ambiente, as pessoas vão reparar e elogios não vão faltar. A árvore de natal é essencial numa boa decoração e é uma atividade super divertida. Além dela, capriche nas iluminações e até nos aspectos mais simples, como guardanapos e copinhos.

Diversão

Conte também com alguns elementos para animar a festa. A música é sempre um atrativo e consegue criar um clima bem mais descontraído. Além dela, vale a pena investir em alguns jogos que consigam fazer todo mundo interagir. Pense também nas crianças, com opções que tornarão o evento divertido para elas também. Os videogames são excelentes opções, especialmente jogos de dança que fazem todo mundo participar e rendem boas risadas. Uma boa escolha são as velhas brincadeiras de amigo oculto ou interação entre os familiares.

Por fim, lembre-se sempre que a diversão deve vir em primeiro lugar. Prepare tudo com calma e aproveite a festa com as pessoas mais especiais. Outro ponto importante é a arrumação no dia seguinte. Faça uma boa faxina no espaço e só depois busque os móveis e outros objetos no guarda-móveis. Assim, fica mais fácil de botar tudo em ordem e garantir a casa no melhor estado para começar um novo ano. Com essas dicas, a sua festa ficará completa e você não passa por nenhum estresse.

Como armazenar suas coleções?

Como armazenar suas coleções?

As coleções deixaram de ser apenas um hobbie para figurar entre as principais atividades na vida de muitas pessoas. Uma paixão para a maioria delas, as coleções representam os gostos dos seus donos e surpreendem justamente pela variedade e quantidade de itens. E há quem faça disso também uma profissão.

Os objetos são ainda mais valorizados com o passar do tempo. Um exemplo surpreendente são as moedas de R$ 1, que foram fabricadas em edição comemorativa para as Olimpíadas. Atualmente, chegam a custar R$ 60 na mão de colecionadores.

Os tesouros dos colecionadores precisam ser armazenados sempre em lugares que garantam tanto a segurança dos objetos quanto a conservação por um longo período de tempo. É pensando nisso que a LocalBox preparou o espaço ideal para isso. São salas com tudo o que você precisa para guardar seus bens mais preciosos. Confira aqui algumas vantagens ao optar pelo self storage e garanta mais praticidade ao manter sua coleção:

Espaço

Um dos grandes problemas para os colecionadores, a falta de espaço é resolvida sem problemas com a ajuda de um box ou guarda volumes. São diferentes tamanhos que se adequam também às características dos elementos da sua coleção; é possível armazenar itens de toda a natureza. Guardar em um ambiente limitado pode fazer com que você empilhe ou aperte as coleções, prejudicando sua conservação.

Poeira e iluminação

Esse pode ser apenas um detalhe, mas a poeira e a incidência de luz solar conseguem ser o diferencial em muitos casos. Objetos, como gravuras, fotografias e itens muito antigos também necessitam desse fator tanto para manter o visual quanto para não desvalorizarem. Assim, é importante encontrar um espaço limpo e protegido do sol.

Organização

A organização em estantes e prateleiras permite separar tudo e catalogar. Em muitos casos, esse pequeno detalhe pode valorizar muito a sua coleção, além da facilidade ao encontrar o que você busca e de separar itens que serão usados em exposições, por exemplo. Tendo um bom controle da sua coleção, é possível até mesmo garantir sua expansão e encontrar os itens que você nem sabia que possuía. Na Local Box você encontra o espaço ideal para o estoque de livros com a organização certa para colocar tudo em ordem.

Segurança

Vale a pena apostar no cuidado com esses tesouros. É o caso de coleções que tem um alto valor agregado. Pinturas, por exemplo, exigem um ambiente controlado que garanta que a tinta e os detalhes de quadros mais antigos não sejam danificados pelo passar do tempo, pelo sol ou pela umidade. O ambiente da LocalBox é monitorado 24h com câmeras e acesso controlado. Só você possui a chave para entrar e retirar o que você precisa.

Independência

Com o self storage, você fica livre de diversos entraves burocráticos. Não é necessário pagar IPTU ou contas como água e luz desse espaço. Basta colocar tudo o que você precisa e pagar pelo tempo que usar. Esse fator beneficia também quem deseja incluir ou retirar novos itens, com a liberdade de acesso no momento que você precisar.

Bebidas de cada estação: como conservar vinhos e espumantes

Bebidas de cada estação: como conservar vinhos e espumantes

Assim como certos pratos se adequam melhor a um determinado clima e época do ano, os vinhos e bebidas também têm essa separação, com características em cada rótulo ou tipo de vinho que permitem dividi-los entre as estações. É importante conhecer melhor a natureza de cada bebida para conseguir apreciar melhor o sabor e toda a experiência que elas podem oferecer. O vinho é ainda mais especial, com detalhes que aguçam o paladar por serem extremamente ricos. Por isso, além de saber escolher o vinho certo, é necessário também conservá-lo bem. Isso é em si uma arte, e a LocalBox ajuda justamente nessa missão, oferecendo o espaço de self storage perfeito para armazenar os vinhos para a próxima estação e saboreá-los no momento certo. São diferentes tamanhos, desde um guarda móveis espaçoso, até boxes menores para se adequar a cada necessidade. Aprenda aqui como armazenar vinhos e quais as melhores escolhas para os períodos do ano.

A lista de bebidas inclui vinhos tintos, brancos, rosés, espumantes, fortificados e doces. Esses diferentes produtos oferecem também características distintas: desde um sabor mais leve a um encorpado, até uma bebida envelhecida, incluindo açúcares e possibilitando combinações com diferentes tipos de comida. Ao mesmo tempo, o teor de álcool também varia. No mercado é possível encontrar vinhos com 2% de álcool na composição, e outros que superam os 20%. Para conservar, lembre-se de sempre manter o vinho em uma temperatura que não chegue a 25ºC. Acima disso ele pode começar a oxidar, perder o sabor original e se deteriorar totalmente.

Primavera

Essa época do ano, com climas mais amenos, pede vinhos também intermediários. Uma excelente pedida são os vinhos rosés. Eles são mais leves, muitas vezes adocicados e frescos, casando muito bem com a transição do frio do inverno para o calor que chega no verão. Eles podem ser apreciados até mesmo gelados, dando ainda mais refrescância para refeições leves. Vale apostar na geladeira para vinho para ter um controle preciso de temperatura.

Verão

As altas temperaturas do verão brasileiro pedem vinhos bem refrescantes e leves. Por isso, nada melhor do que os vinhos brancos servidos gelados. Outra excelente opção são os espumantes, que garantem o sabor e combinam perfeitamente com os dias e noites mais quentes. Vale a pena investir nos drinks e aproveitar a oferta de frutas. Os tintos leves também são uma ótima escolha, melhor ainda com toques frutados. Ao buscar por novos rótulos, invista nos cítricos como o Chenin Blanc.

Outono

Como o outono no Brasil é mais quente, é possível desfrutar de uma gama ainda maior de vinhos. Por aqui, vale a pena apostar nos vinhos mais refrescantes, frutados e brancos. Se o friozinho bater e você sentir a vontade de apreciar um tinto, aposte naqueles de médio corpo. Bons exemplos são o Malbec e o Merlot. Ao guardar seus vinhos na LocalBox, você conta com uma estante para guardar vinho, separando tudo e facilitando na hora de retirar aquele rótulo especial.

Inverno

A época perfeita para os vinhos mais encorpados, o inverno é uma das temporadas mais propícia para apreciar uma variedade grande de rótulos. É nessa época do ano que você aproveita para abrir os vinhos mais encorpados, como Chardonay e Pinot Blanc. Boas apostas são o Sémillon ou brancos do Rhône. Na LocalBox você conta com uma adega de vinhos climatizada para aproveitar durante todo o ano. Assim, quando as temperaturas baixarem basta ir buscar nessa geladeira de vinhos os melhores tintos.

Aprenda a organizar documentos de uma empresa

Aprenda a organizar documentos de uma empresa

Os arquivos empresariais, sejam quais forem seu porte e segmento de negócio, devem estar sempre organizados, pois é necessário mantê-los em um local específico. Um exemplo é o arquivo morto, que armazena documentos importantes por até duas décadas, segundo a legislação brasileira.

Saber como organizar arquivos de uma empresa, além de diminuir a repetição de tarefas, é uma medida fundamental para a consulta e o controle das atividades já realizadas e que estão em fila de produção.

Além disso, aprender como arquivar documentos de uma empresa de maneira correta possibilita rápida consulta a uma rica fonte de dados importantes, como números e valores, além de informações sobre o relacionamento com fornecedores e a reputação de clientes.

Veja como tornar esse processo mais fácil e útil para as atividades de qualquer empresa ou comércio:

Determine um local específico

Documentos em papel precisam de um local adequado para sua conservação. O ambiente deve ser seguro, protegido da ação climática, do calor excessivo e da umidade, ser bem arejado, climatizado e organizado para esse fim. Se a estrutura da empresa não proporcionar todos esses aspectos, o ideal é contratar um serviço especializado de guarda documentos ou self storage.

Crie pastas por assuntos e datas

Adote pastas ou caixas por categoria de documentos. Por exemplo, reserve uma pasta ou até toda uma prateleira apenas para notas fiscais. Dentro deste espaço, divida os respectivos documentos em pastas menores, organizadas por ano e mês.

Dispor as seções maiores, como “contratos” ou “documentos internos”, em ordem alfabética ajudará a eliminar tempo na busca de um documento específico.

Digitalize o que puder

Para evitar que os documentos mais recentes e mais utilizados da empresa, como contratos e termos de serviços, fiquem sempre rodando de mesa em mesa, correndo o risco de se perder, faça cópias digitalizadas desses papéis e armazene-os em um servidor ou nuvem, onde possam ser acessados frequentemente por diferentes usuários autorizados.

Tenha um responsável pelo arquivo

É muito importante centralizar a organização dos arquivos da empresa em um funcionário ou em uma equipe reduzida. Mesmo que a atividade demande horas-trabalho do colaborador, essa tarefa deve ser administrada cuidadosamente e com o afinco e atenção de quaisquer outras atividades desenvolvidas na administração do negócio.

Ficou com alguma dúvida sobre como guardar seus documentos? Na Localbox você encontra as melhores soluções em Armazenagem, Self Storage e Guarda Móveis. Confira!

Página 5 de 20« Primeira...34567...1020...Última »