Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Arquivo

Vai à praia no feriado? Então, confira algumas dicas antes de viajar

Sol, diversão e água salgada são as coisas mais desejadas quando vamos ao litoral. Entretanto, é preciso responder algumas questões antes de arrumar as malas. Assim, você garante o máximo de conforto e aproveita toda a paz que esse local oferece.

 

O feriado prolongado pode ficar ainda melhor quando você curte um lugar paradisíaco. Ao descer à praia com a família ou os amigos, geralmente, surgem questões pertinentes, como: vou passar quantos dias lá? O sol vai prejudicar minha pele? Quantas malas eu vou levar?

Pensando nisso, o blog da LocalBox fez uma lista de dicas para que você aproveite a pausa no trabalho com o máximo de tranquilidade e conforto. Confira!

1) Evite uma insolação

Ficar bronzeado é totalmente diferente de ficar com o corpo ardido. O sol é uma fonte importante de vitamina D, porém, é preciso cuidar da pele com a ajuda do protetor solar. Passe o filtro solar a cada duas horas e escolha um com o fator de proteção ideal para você. Outra dica é levar um protetor especial para o rosto. Assim, seu bronzeado fica muito mais bonito e dura mais.

2) Cuide dos pés

Na areia da praia, passam muitas pessoas diariamente, e os pés ficam suscetíveis a fungos, micoses e rachaduras. Então, depois de sair da água, seque bem os pés e use um creme hidratante especial. Evite andar descalço, use calçados confortáveis e abertos. Fique atento a qualquer sinal de coceira e irritação, elas podem indicar problemas no futuro.

 

3) Cuidado na alimentação

É difícil resistir às comidas oferecidas nos quiosques à beira mar, mas é possível comer bem sem cometer exageros. Comidas cruas e de procedência duvidosa podem causar uma intoxicação alimentar, acabando com a sua diversão. Opte por alimentos naturais, trazidos de casa e armazene-os em uma bolsa térmica, bem protegida do calor e das bactérias.

4) Fique de olho nas crianças

Os pequenos são os que mais aproveitam e se divertem na praia. Esteja atento quando estiverem brincando na areia e, principalmente, quando entrarem na água. Coloque uma pulseira de identificação no seu filho, contendo o seu nome completo e, pelo menos, dois números de telefone.

 

5) Crie um roteiro

O litoral oferece uma série de passeios para toda a família, então, se organize e defina qual vai ser o horário de cada atividade. Converse com os familiares e verifique o fluxo de trânsito na internet e quais passeios serão feitos. Ao se planejar bem, você evita imprevistos e aproveita o melhor do feriado.

 

6) Hidrate-se

Todo mundo sabe que beber água é algo fundamental para a saúde. Eliminamos muito líquido ao transpirar, então, a hidratação precisa ser feita com água natural ou de coco. Consuma também chás desintoxicantes, eles garantem muito mais horas de diversão e energia.

 

O que levar na mala para a praia?

Agora que você já conhece algumas dicas para aproveitar o feriado, basta arrumar as malas. Cada um tem suas necessidades, mas alguns itens são essenciais na mochila. Confira as nossas sugestões:

  • Leve roupas práticas, confortáveis e que não amassem muito;
  • Óculos de sol e de grau;
  • Evite carregar tantos sapatos: um par de chinelos e um de tênis já bastam;
  • Protetor solar para corpo e rosto;
  • Perfume;
  • Desodorante;
  • Hidratante corporal;
  • Duas toalhas grandes;
  • Produtos para o cabelo;
  • Sacolas plásticas para roupas molhadas;
  • Coloque os brincos em botões e, os colares, em canudos. Isso evita que eles embaracem.

Depois dessas sugestões, você pode curtir o feriado na praia sem preocupações ou imprevistos. Fique de olho nas dicas do blog da LocalBox, especialista em self storage, guarda-volumes e mais. Aproveite!

Aposte em caixas organizadoras na sua casa

Quando a casa está bagunçada, tudo fica mais difícil de encontrar. Ao utilizar caixas práticas, você consegue deixar o ambiente mais bonito e organizado, trazendo muito mais conforto para toda a família.

Manter a casa arrumada é um dos principais desafios do nosso dia a dia. Essa tarefa pode ficar ainda mais difícil quando se mora sozinho ou possui crianças. Entretanto, há uma opção bastante prática, barata e que todo mundo pode utilizar e fazer: a caixa organizadora.

Existem modelos de vários tamanhos, assim, pode guardar diversos objetos e até mesmo roupas de cama, por exemplo. Confira algumas dicas que a LocalBox separou especialmente para sua casa e torne cada cômodo ainda mais agradável!

Sala de estar

Na sala de estar, é muito importante manter o ambiente bonito e bem decorado, pois é lá, na maioria das vezes, que recebemos nossas visitas. As caixas para organização ajudam muito nisso, já que elas podem ser usadas para guardar livros, revistas e, até mesmo, como mesa de centro. Uma dica para deixar o ambiente elegante é usar caixotes em vime ou madeira.

Quarto

Com uma caixa grande, você consegue abrir muito mais espaço no guarda-roupa. Neste cômodo, vale apostar em opções rústicas, como caixotes de feira. Eles podem ser fixados na parede ou empilhados e usados para guardar os sapatos. O ambiente também fica muito bonito quando as caixas são usadas como uma prateleira para itens de decoração, como objetos artesanais, por exemplo.

Quarto das crianças

O quarto dos pequenos é sempre uma bagunça, então, use as caixas para guardar todos os brinquedos espalhados. Para deixar esse local ainda mais divertido, use modelos coloridos ou com personagens que as crianças gostem.

Escritório

O home office é um local que precisa estar sempre muito bem organizado, pois é lá que encontram-se as papeladas e os documentos importantes. Você pode deixar o ambiente muito mais prático se arrumar as caixas por cor. Os documentos mais importantes podem ficar em caixas vermelhas, por exemplo.

Banheiro e Lavanderia

Em cômodos úmidos, como estes, é muito importante utilizar caixas de plástico ou alumínio. Elas são muito mais fáceis de limpar e são ideais para guardar itens de limpeza e higiene, como papel higiênico ou produtos de lavar roupa. Outra dica importante é utilizar caixas com tampas, assim, você afasta possíveis pragas.

Como fazer suas próprias caixinhas?

Se você compra um sapato e joga a caixa fora, deixe de fazer isso agora mesmo! Uma caixa de sapato pode ser reciclada, tornando-se um belo item de decoração. É possível fazer desde lindas caixinhas para guardar fotos até porta-joias. Confira algumas dicas para realizar seus próprios objetos:

  • As tampas podem servir como uma prateleira ou base para seu projeto decorativo;
  • Vale utilizar botões, retalhos de pano e canetinhas coloridas;
  • Você pode utilizar fita adesiva ou cola quente na colagem dos materiais, mas tome cuidado para não se queimar;
  • Faça várias camadas de papelão, assim, ele fica mais firme e resistente;
  • Use e abuse da criatividade! Solte a imaginação e crie lindos itens de decoração para sua casa.

Com pequenos investimentos, você consegue abrir muito mais espaço livre em casa. Fique de olho no blog da LocalBox, especialista em self storage. Com a gente, você conta com guarda-volumes e outras vantagens. Aproveite!

Quanto custa um self storage em São Paulo?

Procurando por um self storage em São Paulo? Descubra como é calculado o seu valor

Graças à praticidade, à segurança e, também, ao preço acessível, o self storage tem ganhado cada vez mais destaque no Brasil. Sobretudo em grandes metrópoles como São Paulo, essa solução de armazenamento é uma alternativa para a otimização de espaço.

Quer saber quanto custa um self storage em São Paulo? Confira, aqui, no blog da LocalBox.

 

galpões

Um box de armazenamento pode ser utilizado de acordo com diferentes necessidades e ocasiões. Para empresas, por exemplo, o self storage é uma excelente solução, que, geralmente, funciona como um depósito de mercadorias ou mesmo como um local protegido para o armazenamento de documentos importantes.

Já para pessoas físicas, esse espaço pode ser alugado temporariamente para o caso de reformas, viagens ou mudanças, por exemplo. Ou como um local para guardar coleções, itens pessoais, relíquias de famílias ou qualquer outro item que desejar.

Quanto custa um self storage?

Basicamente, o preço de um self storage varia de acordo com as suas necessidades. Aqui, na LocalBox, é necessário informar qual é a finalidade do box, isto é, se ele irá funciona como um guarda móveis, guarda documentos, arquivo morto ou como um estoque de mercadorias, por exemplo. Assim, será possível definir o tamanho ideal e ajudá-lo a encontrar o melhor espaço para você.

Outro fator importante é o tempo de armazenamento, que é definido por quem irá alugar o box. Você determina por quanto tempo precisará desse espaço e poderá cancelar a qualquer momento.

Comparando com o aluguel de espaços convencionais, o custo-benefício de um self storage é muito bom. Afinal, esse sistema é livre de burocracias e não possui custos extras como IPTU, por exemplo, ou gastos mensais como conta de luz e de água.

Além disso, na LocalBox, há uma série de vantagens. Ficamos em uma excelente localização na cidade de São Paulo. O aluguel é prático e flexível, contamos com carrinhos para ajudá-lo a transportar seus itens e, também, disponibilizamos um workstation com internet wifi.

Quer saber mais sobre o preço de um self storage? Fale com a gente! Você pode acessar o site da LocalBox e solicitar um orçamento online ou mesmo entrar em contato por meio do telefone (11) 2940-3102.

Volta às aulas: o que fazer com material escolar antigo?

Para muita gente, começo de ano é sinônimo de volta às aulas e, consequentemente, compra de materiais escolares novos. Mas o acúmulo de livros didáticos, cadernos e trabalhos escolares pode resultar em desperdício e má organização de seu espaço. Pensando nisso, separamos dicas sobre o que você pode fazer com o material escolar antigo. Confira!

Reaproveite alguns itens

Alguns objetos como canetas, lápis de cor, borrachas, tesouras e colas, por exemplo, têm longa vida útil e acabam sobrando. Uma boa dica é reaproveitar esse tipo de material e, assim, economizar com a lista de compras do ano atual. Além do mais, materiais mais resistentes, como mochilas, estojos e lancheiras, também podem ser utilizados novamente.

Normalmente sobram folhas nos cadernos. Assim, você pode retirar as usadas para reciclagem e manter as que estão em branco. Esse material pode ser aproveitado como rascunho ou até mesmo para a criança utilizar em casa.

Avalie o que você quer preservar

Não tem jeito. É muito comum que os pais queiram preservar alguns trabalhos e atividades especiais realizados pelas crianças. Por isso, separe aquilo que for importante para você e para seu filho. Deixe ele escolher os projetos que mais gostou e preserve-os. Uma boa dica é deixar os cadernos do ano anterior e descartar os mais antigos. Assim, esse material servirá como fonte de consulta durante os estudos do ano vigente.

Digitalize os trabalhos mais importantes

Para evitar o acúmulo de papéis e a desorganização, temos outra dica: digitalize as atividades. Essa é uma maneira de preservar tudo o que for necessário, evitando bagunça e riscos de perder cada trabalho.

Troque ou doe os livros didáticos usados

Preserve os livros didáticos e deixe-os encapados. Assim, você poderá doá-los para instituições filantrópicas, bibliotecas ou mesmo para crianças que irão precisar desse material neste ano. Outra dica é trocar os livros com pais que, porventura, têm os livros que serão necessários para a nova etapa de seus filhos.

Gostou das dicas? Fique de olho nas novidades do blog da LocalBox. Somos especialistas em Self Storage e aluguel de espaço para guarda volumes. Quer saber de mais dicas para organizar a sua casa? Confira o texto que fizemos sobre o que fazer com brinquedos.

4 dicas de como valorizar um imóvel para venda

Quer saber como valorizar um imóvel para venda? Alguns reparos e cuidados podem ajudar a garantir um bom valor em seu negócio

A concorrência para fechar negócio na hora de vender ou alugar um imóvel é bastante ampla. Mas existem alguns detalhes que fazem a diferença para quem está visitando o imóvel e são excelentes critérios de desempate para quem deseja sair na frente e, enfim, vender, alugar ou até mesmo aumentar o valor da casa ou do apartamento.
Quando estamos interessados em algum produto ou na compra de um imóvel, levamos em conta o estado de conservação e o aspecto do objeto desejado. Por isso, leve isso em consideração no momento de receber as pessoas em seu imóvel. Alguns pequenos cuidados em pontos estratégicos já são suficientes para gerar valor e deixar o ambiente convidativo para os possíveis inquilinos ou compradores.
Quer saber como valorizar um imóvel para venda ou aluguel? Confira aqui alguns reparos e cuidados que você precisa ter em sua casa ou apartamento.

1 – Faça pequenas reformas que valorizam o imóvel

Consertar vazamentos, rachaduras e infiltrações é um dos primeiros passos para deixar o espaço bem cuidado e conservado. Certifique-se de que as maçanetas das portas e dos armários estão em boas condições de uso. Caso o seu imóvel tenha móveis, avalie as suas condições, bem como os possíveis equipamentos eletrônicos que forem disponibilizados nesse espaço.
Pisos e azulejos danificados ou corroídos pelo tempo podem desvalorizar o imóvel. Se possível, troque o revestimento e até mesmo as louças do banheiro caso estejam impróprias para uso. Deixar o imóvel com cara de novo melhora a percepção de seus potenciais compradores ou locadores, o que te ajudará a fechar negócio rapidamente. Se há objetos demais no espaço, veja o post no qual te explicamos como guardar seus móveis durante a reforma.

2 – Mantenha a pintura em dia
A pintura também passa uma boa impressão. Apostar em tons neutros e cores claras dá uma sensação de amplitude nos cômodos, além de deixar o espaço mais iluminado. Prefira tons mais quentes da paleta de cores claras, pois são mais convidativos do que um branco neve, por exemplo.

3 – Deixe o imóvel bem organizado
É muito comum que os proprietários coloquem objetos que não utilizam nos imóveis desocupados. Isso pode prejudicar que os clientes imaginem seus próprios móveis no espaço. Nesse caso, alugar um guarda-móveis é uma boa medida para manter o imóvel livre e facilitar a circulação.
Se você ainda mora no local, tomar alguns cuidados, como manter a casa organizada, aconchegante e com todos os cômodos limpos, dá uma ótima sensação para quem visita o ambiente.

4 – Não se esqueça da área externa
Esta última dica é ideal para as casas, pois a área externa merece uma atenção especial. Deixe a garagem limpa e organizada, pinte a fachada e cuide para que a casa fique ainda mais atrativa logo no primeiro contato do possível comprador ou inquilino.
Com pequenos cuidados e investimentos você conseguirá destacar o seu imóvel no mercado e, assim, fechará o seu negócio com mais rapidez e ótimo retorno. Quer saber mais dicas como essas? Fique de olho no blog da LocalBox!

Vai viajar no final do ano? Veja cuidados essenciais antes de sair de casa!

Fim de ano é sinônimo de festa e, para muitos, uma boa época para viajar e deixar de lado a rotina. Para aproveitar esse momento da melhor maneira e sem preocupações, alguns cuidados são essenciais. Confira, aqui, as dicas da LocalBox para você programar a sua viagem!

Check list da viagem: cuidados uma semana antes de viajar

1. Faça uma lista de tudo o que você vai precisar

Anote o que levar para a viagem, a quantidade de roupas necessárias, remédios, acessórios e itens pessoais. Veja o que você já tem e o que será necessário comprar antes da viagem.

2. Cuidados com seus animais de estimação

O seu animalzinho não vai viajar com você? Encontre um lugar seguro, confortável e alguém de confiança para cuidar do seu bicho. Não deixe de conferir se itens que ele precisa como ração, brinquedos e outros objetos serão suficientes durante o tempo em que você estiver fora.

3. Vá guardando itens em sua mala

Deixar para organizar a mala de última hora pode ser um grande problema. Por isso, o ideal é ir guardando os itens aos poucos e, no final, conferir a lista de tudo o que você irá precisar enquanto estiver fora.

4. Fique de olho na validade dos alimentos em casa

Certifique-se que os alimentos de sua casa não irão passar da validade enquanto você estiver fora. Caso haja algum alimento nessa situação, consuma-o ou faça uma doação para alguém que você conheça.

5. Tome vacinas

Alguns destinos precisam de cuidados especiais, como vacinação, por exemplo. Existem países que exigem vacina contra febre amarela, que deve ser tomada, pelo menos, 10 dias antes do embarque. E vacinas contra doenças endêmicas, como rubéola e sarampo, por exemplo, são obrigatórias para qualquer viagem ao exterior.

6. Lave suas roupas e deixe a casa limpa

Deixar a casa organizada e limpa antes de viajar e não acumular roupa suja é excelente para quem deseja voltar de viagem com tranquilidade.

7. Confirme a ida ao aeroporto

Se você vai viajar de avião, analisar com antecedência a melhor maneira de ir ao aeroporto poupará o seu tempo e evitará atrasos. Combine com um amigo ou parente que possa te levar ou já deixe certo o meio de transporte que você irá utilizar.

8. Confirme suas reservas e horários

Leve consigo as suas reservas, tickets e horários da sua viagem. Tire um print-screen dos arquivos para driblar qualquer problema de conexão em seu smartphone.

9. Separe documentos importantes

Separe os seus documentos pessoais e, caso vá viajar com alguma criança, não deixe de garantir que está levando a documentação necessária para o embarque, como a certidão de nascimento ou um documento de identificação com foto.

10. Programe o pagamento de suas contas

Evite qualquer dor de cabeça! Deixe agendado o pagamento das contas para evitar atrasos ou esquecimentos.

Check list da viagem: cuidados um dia antes de viajar

1. Prepare sua mala de mão

Últimos itens como água, óculos, blusa e carregadores, além de objetos que você precisa ter ao alcance das mãos, devem estar em sua mala de mão.

2. Tire seus equipamentos da tomada e apague as luzes

Tirar seus eletrônicos e eletrodomésticos da tomada economiza energia e evita qualquer problema e possíveis e defeitos no aparelho enquanto você estiver fora de casa. Apague as luzes, isso ajudará a preservar o meio ambiente e, também, a conta de luz no final do mês.

3. Retire o lixo

Garanta que todo o lixo foi retirado de casa. Não deixe restos de alimentos, pois podem atrair insetos para seu lar.

4. Tranque portas e janelas

Quando se passa muito tempo longe de casa, todo cuidado é pouco. Por isso, não deixe de garantir que as portas, as janelas e o portão da sua casa estão trancados e protegidos. Quer saber mais sobre segurança? Confira um post de dicas de segurança para sua viagem que fizemos aqui no blog.

Agora, é só aproveitar a sua viagem e curtir as férias com tranquilidade! Curtiu as dicas? Fique de olho no blog da LocalBox, especialista em self storage com o espaço ideal para guarda-volumes e mais!

Vantagens e desvantagens de morar em apartamento

Está pensando em morar em um apartamento? Veja o que levar em conta na hora de tomar a sua decisão

Muita gente que está pensando em mudar de casa pensa em substituir uma moradia tradicional por um apartamento. Mas por mais simples que pareça, mudanças como essa tendem a transformar a rotina, o comportamento e o dia a dia das pessoas. Pensando em te ajudar a fazer a escolha certa, nós, da LocalBox, empresa especialista em Self Storage, resolvemos destacar os prós e os contras de morar em apartamento. Confira!

Vantagens de morar em apartamento

Maior praticidade

Quem passa um longo período longe de casa sabe o quanto é valioso o tempo em que se pode descansar e aproveitar o aconchego do lar. Morando em um apartamento com condomínio, não há necessidade de se preocupar com os cuidados com o quintal, com o jardim ou até mesmo com a limpeza da garagem aos finais de semana.

Menos espaço, menos bagunça

Hoje em dia, a maioria dos apartamentos são relativamente pequenos. Em um primeiro momento, isso pode parecer uma desvantagem, mas organizar e decorar espaços menores é mais fácil do que ambientes grandes e manter a organização em dia também.

Comodidades

Muitos condomínios possuem espaços de convivência e instalações bacanas para os moradores, como academia, piscina, quadra poliesportiva, brinquedoteca, salões de festas e churrasqueiras, por exemplo.

Segurança

Muita gente procura morar em apartamentos por conta da segurança. De fato, esse tipo de moradia com condomínio conta com profissionais, câmeras em espaços de convivência e sistemas de segurança eficientes que, principalmente para quem tem filho pequeno em casa, são um verdadeiro alívio.

Convivência

Em prédios, o senso de comunidade é muito maior do que em casas tradicionais. Afinal, nesses espaços é fundamental que os vizinhos vivam em harmonia, pensando sempre no coletivo, evitando barulhos e cooperando para que todos vivam bem.

Desvantagens de morar em apartamento

Pouco espaço

Já falamos das vantagens de morar em um apartamento e considerar a pouca disponibilidade de espaço como uma das maneiras de manter o seu lar bem organizado. A falta de espaço, no entanto, pode ser um problema em determinadas situações, como no momento de reunir amigos e familiares, por exemplo, para festas ou mesmo para quem possui muitos objetos e móveis disponíveis.

O preço do condomínio

Quem não está acostumado com condomínio vai sentir um peso no bolso quando começar a morar em um. Como já destacamos, existe uma série de comodidades e vantagens em apartamentos, no entanto, o valor desses serviços é cobrado à parte em uma taxa mensal aos moradores.

Regras

O espírito de comunidade é essencial para quem mora em prédios. Por isso, existe uma série de regras nesses espaços que devem ser cumpridas rigorosamente e, caso haja algum descumprimento, o morador pode ser punido com o pagamento de multas.

Já decidiu se morar em apartamento é a opção certa para você? A LocalBox é braço direito na montagem de novo apartamento e conta com guarda-móveis para você armazenar tudo o que precisa pelo tempo que for preciso.

Como proteger os móveis dos pets

Quem tem animais de estimação sabe. Cães e gatos podem ser os protagonistas de uma verdadeira destruição em sua casa, roendo os móveis de madeira, afiando as unhas nos sofás, fazendo xixi nos tapetes e comendo todos os móveis. Os donos de animais de estimação devem ser rígidos com os bichinhos para manter os móveis da casa intactos, mas às vezes só isso não basta. Por isso, fique ligado nessas dicas da LocalBox para salvar o que resta da sua mobília.

No caso dos totós: como proteger os móveis dos cachorros

Os cães, principalmente os mais jovens, mordem e destroem os móveis por dois motivos principais: aliviar a ansiedade e chamar atenção. O animal usa sua boca como válvula de escape para as suas ansiedades, sejam aquelas geradas por frustração, conflitos ou insegurança. E como fazer o cachorro parar de morder os móveis?

Passa a ser a nossa função, a sua família humana, perceber esses distúrbios no animal e tentar suprir com outras coisas, como os brinquedos para cachorro morder do tipo de corda, osso e couro.

O cão também tende a morder os móveis para chamar atenção. Como uma forma de gastar sua energia, ele desconta no que estiver à sua frente. Por isso, faça passeios regulares com o seu bichinho para ele gastar o seu ânimo em outra coisa – vale dar um passeio no parque e até mesmo só brincar com ele por alguns momentos no quintal.

Agora, um dos maiores problemas de se ter um cão (senão o maior), é quando ele está naquela fase de urinar em tudo para marcar o território. Para fugir do xixi de cachorro você pode usar um repelente para cães, que é feito com base de álcool, citronela e cânfora. O cheiro é desagradável para o animal, e ele ficará longe do móvel.

Mas e se ele já urinou nos móveis, como tirar cheiro de xixi de cachorro? Há receitas caseiras de soluções à base de vinagre e limão que eliminam o cheiro de xixi dos móveis. Há também a opção de pintar os móveis novamente, principalmente se forem de madeira maciça. Passar uma mão de verniz impregnante também pode dar bons resultados.

No caso dos bichanos: como proteger móveis de gatos

Os móveis de couro, pés de sofás e as costas de poltronas são os principais alvos dos gatinhos. Afiar as unhas é um ato natural dos gatos, que necessitam mantê-las afiadas para manter vivos os seus instintos caçadores. E sim, não importa o que você faça, o seu gato VAI arranhar. O truque, nesse caso, é onde que ele vai fazer isso.

Compre ou faça arranhadores de corda para o seu bichano. Coloque próximo dos locais que ele está habituado a arranhar. Elogie sempre que ele arranhar no lugar certo e dê recompensas. Há também as opções de repelente para espantar gatos feitos à base de produtos naturais.

Quer mais dicas como essas? Fique de olho no Blog da LocalBox! Somos especialistas em self storage e guarda móveis no Brasil e oferecemos espaço para você guardar os seus itens. Conheça nosso site!

O que você precisa saber antes de se mudar para outra cidade

Mudar de cidade pode ser uma experiência excitante e ao mesmo tempo assustadora. Sair do local em que nasceu, morou e conheceu todos os seus amigos é um passo muito grande e importante, por isso, você deve ter certeza do que está fazendo. Se vai mudar de cidade para trabalhar, estudar ou apenas para alcançar novos ares, muitos sentimentos o acompanharão nessa jornada, como a saudade e a ansiedade. Além disso, você terá que correr atrás de muitos pontos importantes quando for se mudar, como onde ficar, onde guardar as coisas, onde trabalhar etc. Por isso, a LocalBox, empresa especializada em Self Storage,  preparou essas dicas para você que vai mudar de cidade, para que essa experiência seja mais tranquila e sossegada.

Saiba para onde está indo

Procure saber exatamente para onde você está indo. Pesquise pela internet sobre informações da sua nova cidade, aprenda sobre a história, o clima e os hábitos da região, os pontos de interesse e tudo o que definir a vida coletiva dos habitantes da sua nova casa. Conhecer o local antes ajuda você a se encontrar nele, quando já estiver de mudança.

Visite a cidade antes de se mudar

Depois de pesquisar tudo sobre a sua nova cidade, você deve ir realmente visitar esse local. Veja com seus próprios olhos o que a cidade pode e vai oferecer. Conversar com os seus potenciais vizinhos e conhecer os pontos movimentados é constatar realmente como é o ritmo da sua cidade nova.

Guarde suas coisas

Se você vai mudar de cidade com a família e está deixando todas as coisas para trás, uma alternativa bem útil é utilizar o espaço de guarda-móveis da LocalBox para armazenar os seus objetos, como móveis, eletrodomésticos, arquivos mortos, mercadorias, entre outras coisas.

Economize dinheiro

Descubra os locais que oferecem serviços baratos na cidade. Conhecer os mercados onde você encontra maiores ofertas e os serviços que cabem no bolso pode fazer uma diferença notável no final do seu orçamento.

Faça novas amizades

Mesmo que vá se mudar para cidade pequena, você não precisa se isolar. Faça amizade com os locais e crie laços com os seus vizinhos. Geralmente, em cidades pequenas o ritmo das coisas toma uma direção diferente, por isso, procure os locais onde as pessoas se reúnem para tomar uma cerveja ou para jogar uma bola.

Quer mais dicas como essas? Confira seis dicas imperdíveis para a sua mudança e fique de olho nos posts do Blog da LocalBox, sempre com ideias incríveis do universo da organização.

Como organizar um escritório de advocacia

O dia a dia de um escritório de advocacia pode ser muito bagunçado. Não é à toa! Em apenas algumas horas, dezenas de ligações, documentos intermináveis, e-mails recebidos e clientes aborrecidos podem transformar o seu dia num verdadeiro caos! Papeladas e papeladas podem atrapalhar o seu rendimento e de outros funcionários, transformando o seu escritório em um ambiente ruim. Para não passar por muitos apertos, descubra aqui no Blog da LocalBox como organizar um escritório de advocacia!

Como organizar arquivos de escritório

Primeiramente, separe todas as informações dos seus clientes por seções: nome do cliente, tipo de processo, partes contrárias, data do início do processo, certidões anexadas, varas envolvidas etc. Só depois disso você deve organizar os documentos por pastas e separar por ordem alfabética, para tornar mais simples o processo de buscar o anexo depois.

Uma dica elementar no caso de o documento ser muito importante é manter cópias e documentos similares em outras pastas, para sempre ter mais indicações documentais dos processos. Faça também uma planilha para organizar processos judiciais e manter todos os dados dos clientes atualizados. Muitas vezes, principalmente em processos longos, o cliente muda de e-mail ou telefone, então, mantenha também um contato constante com seu contratante. Além de manter seus arquivos mais organizados, o ato proporciona mais credibilidade ao seu trabalho.

Como manter a organização de escritório de advocacia

Se o problema for espaço e o acervo dos seus documentos for muito grande, há a alternativa de guardar seu arquivo morto na LocalBox – que disponibiliza espaços de diversos tamanhos para você e sua empresa armazenarem documentos, recibos e contratos que não são usados tão frequentemente.

Mesmo que depois de um tempo alguns documentos pareçam não ter mais finalidade, mantê-los em ordem e protegidos para futuras consultas é muito importante! A falta de espaço e a necessidade de manter itens bem arquivados faz com que a modalidade de self storage seja muito buscada por pequenos, médios e grandes empresários, que veem a LocalBox como uma perfeita solução.

Veja como organizar processos

Outro método importante para manter a organização escritório advocacia e ter o controle processos jurídicos é criar metas de produção para você mesmo e para outros funcionários. Ter em mente o que é preciso ser feito, julgando os prazos e detalhes dos processos, é de suma importância para organizar seus documentos.

Depois de feitas as tarefas, fica muito mais fácil descartar documentos ou guardá-los no arquivo morto, sem peso na consciência.

Quer mais dicas como essas? Fique de olho no Blog da LocalBox para sempre manter suas coisas arrumadas e bem organizadas!

Página 3 de 2012345...1020...Última »