Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Monthly Archive for março 2017

Dicas para conservar chocolates para a Páscoa

Chocolate Easter Eggs Over Wooden Background
A Páscoa está chegando e, nessa época, muita gente começa a fazer ou comprar ovos de chocolate. Seja para comercializar ou para presentear alguém especial, a produção dos ovos artesanais é uma prática muito comum hoje em dia; porém, para manter os chocolates com o mesmo sabor e textura da época em que foram fabricados até a data comemorativa, é importante que eles sejam armazenados adequadamente.

Pensando nisso, separamos dicas fundamentais de como deixar o chocolate perfeito para a Páscoa. Confira!

Atenção ao prazo de validade

A conservação dos ovos de Páscoa convencionais seguem algumas regras básicas que serão tratadas a seguir. No entanto, para produzir ovos de chocolate de colher, ou seja, aqueles que são totalmente recheados — ou mesmo aqueles que são recheados e cobertos com outra camada de chocolate —, é importante levar em conta que o recheio e o chocolate possuem um tempo de validade diferente.

O ovo de Páscoa simples e artesanal, quando bem conservado, dura cerca de 30 dias. Já os que recebem algum tipo de complemento – como recheio de prestígio ou de brigadeiro, por exemplo – duram cerca de 7 dias, contando a partir do momento em que o recheio é feito. Por isso, é importante não deixar passar esse prazo até a data em que o produto será consumido. Uma dica é produzir o ovo de chocolate com antecedência e somente recheá-lo quando estiver próximo da data comemorativa.

Não use a geladeira para armazenar o chocolate

Muita gente acredita que armazenar o chocolate na geladeira é a maneira mais eficiente para garantir a sua preservação. Mas, utilizar esse equipamento de resfriamento não é a melhor maneira para preservar o sabor do chocolate e garantir que ele fique tão gostoso quanto no mesmo dia em que foi produzido. O resfriamento muda as propriedades do chocolate, pois a umidade tende a fazê-lo perder parte do sabor e do aroma, além de deixá-lo com um aspecto esbranquiçado.

Fuja do calor

O chocolate é muito sensível ao calor e ao frio, por isso, a recomendação é que permaneça a uma temperatura em torno de um mínimo de 20º a um máximo de 25º graus. Em dias de calor intenso isso pode ser um pouco difícil – por isso, vale a pena encontrar um local de armazenamento com essa temperatura. Recorrer a um espaço de armazenamento apropriado como um Self Storage com certeza é a maneira mais segura, pois assim a temperatura se manterá constante.

Escolha a embalagem adequada

Para evitar a entrada do ar e da umidade, e também o contato com outros alimentos, é importante manter os chocolates bem embalados, de preferência utilizando papel filme ou papel alumínio, e guardados em uma caixa de papelão.

Com essas medidas, fica muito fácil garantir que os seus ovos de Páscoa permaneçam bem saborosos até a data. Para encontrar mais informações sobre soluções de armazenamento, fique de olho nas novidades da LocalBox, especialista em self storage e guarda móveis!

Invista na organização de armários para o outono

Organização de armário

O verão vai chegando ao fim e mais um outono se aproxima – e, com certeza, você já está pensando nos dias que aos poucos começam a esfriar nessa temporada, além daqueles casacos que eventualmente vai precisar tirar do armário. Em muitos casos, a desorganização vai dificultar muito a sua vida, especialmente se os itens de verão ainda estiverem atrapalhando e ocupando um grande espaço no seu armário – não só vestimentas, mas acessórios e até itens de praia. Uma pequena faxina e reagrupada nos itens do seu armário ou closet vão garantir o clima para uma nova estação nos próximos meses, para que você possa aproveitar o aconchego que o frio nos dá nesse período. Algumas dicas simples vão ajudar na missão, especialmente se você dispõe de um espaço de Self Storage para guardar o que precisa. Contando com esse espaço extra, você consegue ter em mãos tudo o que precisa com mais praticidade e rapidez.

Roupas

Os primeiros itens que merecem ir para o fundo do guarda-roupa ou ainda serem armazenados em outro lugar são as peças de vestuário. Com o frio se aproximando, é necessário trocar as roupas de calor pelas de frio, ou seja, alguns itens como roupas para praia e piscina, e também cangas ou toalhas, não serão necessários nessa estação. Sempre tenha o cuidado de guardar os tecidos delicados com mais atenção, para não amassar ou prejudicar o material. Além disso, existem peças que precisam de um espaço arejado, para que não se amassem ou adquiram manchas. Embalar a vácuo é uma excelente opção, garantindo mais espaço para guardar o que você precisa e livrando algumas gavetas para os itens de outono e inverno.

Roupas de cama

As roupas de cama também mudam conforme as estações. Para saber como organizar o armário do quarto, basta pensar no que você usa com mais frequência. É claro que os jogos de lençóis precisam sempre estar à mão, mas mantas mais leves ficam ao fundo e cobertores mais pesados são trazidos para frente. As embalagens a vácuo também são muito úteis, mas lembre-se de tirar tudo com antecedência para arejar as peças antes de o inverno chegar.

Sapatos

Os sapatos podem ficar armazenados nas próprias caixas, desde que elas possuam furos e espaços para ventilação – especialmente no caso de tênis e sapatos fechados, que precisam ser guardados em um espaço ventilado, livre de umidade e de exposição ao sol. Antes de usar as botas nessa estação, por exemplo, limpe-as bem tanto na parte externa quanto na interna. Use apenas um pano ou flanela delicados a seco, sem adicionar nenhum produto. No caso dos sapatos fechados ou sandálias mais estruturadas, vale a pena inserir um pedaço de papelão na parte interna para garantir que os calçados fiquem retos e não se dobrem ou amassem.

Cozinha

Nos armários de cozinha, a organização fica ainda mais fácil: não há segredo nenhum em como organizar o armário de cozinha. Diminua a potência do refrigerador para garantir a economia no armazenamento dos alimentos nos dias mais frios. Mesmo com temperaturas mais baixas, ainda se deve ter cuidado com alimentos guardados fora da geladeira. Guarde os itens de verão nas prateleiras mais altas – é o caso de utensílios para sorvetes e milkshakes. Por fim, o cuidado com os alimentos deve se manter durante todo o ano, embora seja menos do que no verão; cubra sempre e evite qualquer problema.

O que você vai usar

Monte uma lista básica com os itens que você vai precisar durante essa estação. Esses elementos precisam estar mais perto de você e também mais acessíveis para usar. Deixe o que você não usa no guarda móveis e retire de lá objetos para aquecimento e cobertores mais pesados. Opte também pelos organizadores de armários em casa para facilitar o processo de limpeza e aplicar sua lista de maneira mais simples. Assim, um outono aconchegante e um inverno quentinho, repleto dos itens de que você precisa, te aguardam.

Praticidade do Self Storage: espaço de mais ou de menos

self storage

Hoje em dia, passa-se pouco tempo em casa: com trabalho e lazer, é muito comum estarmos mais em estabelecimentos públicos do que em nossas residências e, por consequência, algumas residências são usadas apenas para dormir e guardar móveis e pertences. A vida corrida, principalmente nas grandes cidades, transforma estes espaços particulares – ou seja, por passarmos pouquíssimo tempo neles, a necessidade de ter imóveis espaçosos é quase inexistente.

Embora os ambientes residenciais venham diminuindo cada vez mais, a quantidade de itens que possuímos continua a mesma. Dessa forma, é bastante frequente a falta de espaço para guardar mobílias e até objetos menores que não usamos com regularidade, mas que ainda merecem ser preservados. Pensando nisso, existe o conceito de Self Storage , que traz aos clientes o espaço de que eles precisam com muito mais privacidade e menos burocracia.

O que guardar em um self storage?

O diferencial de um self storage é a variação do espaço disponível aos clientes. São boxes de diversos tamanhos, que podem acomodar uma quantia mínima de objetos ou até móveis e eletrodomésticos de grande porte. Por isso, é ideal para projetos pessoais e para dar apoio a empresas: são diversas as situações que eles podem contornar em ambos os casos, por serem muito funcionais.
Então, independente do volume que os itens ocupam, ter um box em um self storage é uma escolha assertiva. Ademais, a praticidade de poder acessá-lo sem nenhum incômodo e com muita segurança, faz com que até itens sazonais, como cobertores pesados de inverno e itens de praia para o verão, possam ser armazenados com tranquilidade. De todo modo, tudo o que você deseja preservar – de objetos que necessitam de cuidados especiais àqueles que não precisam de muita manutenção – pode ser alocado em um self storage.

Conceito inovador

Por aqui, preocupações com as contas a pagar todo mês e a burocracia na hora de alugar um imóvel passam longe. Tudo isso já é um enorme passo na praticidade, especialmente se você pensar em toda as horas gastas na papelada. A economia também está presente em contratos mensais, assim, você só paga pelo tempo que usar sem precisar ficar atrelado a esse espaço.

A segurança do espaço também tem se destacado como um dos diferenciais. Afinal, a Local Box é estruturada para receber seus bens com segurança. Você terá uma chave para o box que garante o acesso exclusivo aos itens que você armazena. Sempre contando com localizações centrais que facilitam a sua logística e tornam o acesso muito prático e rápido. Sem contar no cuidado de selecionar regiões livres de enchentes e outros problemas da metrópole. Basta conhecer para se encantar com essa nova tendência.