Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Monthly Archive for junho 2013

Como armazenar roupa íntima

Como guardar roupas íntimasCalcinhas, sutiãs, cuecas. Todas as pessoas possuem roupa íntima, no entanto, a maioria delas não sabe como guardá-las da melhor maneira. Muitos as deixam amontoadas em gavetas, amassadas, umas por cima das outras. Como organizá-las? O problema pode estar desde a forma como você as dobra até o espaço em que reserva para elas. Atente-se às nossas dicas e saiba como cuidar das peças mais importantes do seu guarda-roupa.

Onde guardar?

A gaveta é o local mais comum e também o mais indicado. O modo como armazená-las é o verdadeiro problema. Não as jogue para que se amassem dentro do local. Procure dobrá-las de forma que fiquem como um envelope. Isso faz com que você possa deixá-las “em pé”, uma atrás da outra.

Separe por cores

Caso você possua apenas peças brancas, pretas e cinzas, não se preocupará com essa dica. Deixe suas roupas íntimas separadas por cores. Assim, quando você estiver atrasado, com pressa e precisar de uma cueca/calcinha/sutiã de uma determinada cor, não perderá minutos preciosos tentando encontrá-las (Por isso, dobrá-las para que fiquem “em pé” auxilia na hora da procura).

Organização, já!

Parece óbvio, mas não é. Nunca faça “camadas” de roupas íntimas, de modo que precise tirar as de cima para pegar as de baixo, isso vai causar ainda mais desorganização. Além disso, ao fechar as gavetas lotadas, peças podem ser danificadas com o abre-e-fecha. “Colmeias” organizadoras podem ser de grande ajuda, elas são armações postas dentro das gavetas que contém divisórias para separar peças uma por uma.

Sutiãs

Como armazenar roupa íntima

Não dobre um bojo dentro do outro. Se houver espaço na gaveta, guarde-os abertos (enfileirados ou sobrepostos), desde que não prejudique detalhes como rendas ou laços. Uma boa alternativa é investir em estojos específicos para guardar sutiãs, existe uma grande variedade de modelos no mercado.

Atenção aos sacos plásticos

Não guarde peças íntimas em sacos plásticos, seja em gavetas, malas, ou armários, pois isso pode causar mofo ou acumular fungos. No entanto, ainda há a opção de saquinhos de tule, que são delicados e permitem boa ventilação, você pode usá-los nas peças com tecidos mais frágeis.

Agora que você conhece nossa dicas, pode aperfeiçoar sua  organização.

Frutas: saiba como e onde conservar

Frutas: saiba como e onde conservarConservar frutas é um processo que demanda algumas técnicas específicas de armazenamento. Por tratarem-se de produtos perecíveis ricos em vitaminas e com grande porcentagem de água, e por isso necessitam de atenção para poder durar por mais tempo.

Conserve melhor suas frutas

Na hora de conservar as frutas, observe primeiro os nutrientes envolvidos no alimento. As ricas em água devem ser armazenadas com todo o cuidado para não expor sua polpa de modo algum, ainda que sejam pequenas fissuras. Com isso, você garantirá o isolamento externo, dificultando o acesso de bactérias e aumentando a vida útil.

Como conservar?

Uma dica importante e que deve ser feita sempre antes da armazenagem é o processo de limpeza das frutas. Lave-as com detergentes, mas tome cuidado para enxaguar muito bem, a fim de eliminar os resíduos químicos do produto, isto deve eliminar a maioria dos organismos decompositores que possam estar do lado externo do fruto. Outra dica útil é colocar em uma vasilha 1 litro de água e uma colher de sopa de Hipoclorito de Sódio e deixar em descanso sob a solução por cerca de 15 minutos. Isso retardará a atividade das bactérias presentes no ambiente e evitará a entrada de novos microrganismos.

Onde armazenar?

Por fim, é interessante observar o local de armazenamento. Ambientes arejados, sem altas temperaturas, excesso ou falta de luminosidade são boas condições de armazenamento porque evitam a proliferação de bactérias.
Cada fruta possui um modo especial para conservação, enquanto algumas podem ser conservadas em geladeiras, outras devem ser mantidas fora para que permaneçam intáctas e suculentas.

Podem ser conservadas em geladeira:

Morango, figo, caqui, caju, ameixa e limão. Outras como o abacaxi, a melância e o abacate já abertos ou muito maduros também devem ser guardados no interior da geladeira.

Evite deixar em geladeira:

Frutas como a banana, a laranja e a pêra não devem ser conservadas na geladeira, pois, além de perderem o sabor e o aroma característicos, podem apodrecer mais rapidamente, como ocorre com a banana.

Caso as frutas ainda estejam verdes ou “de vez”, vale à pena deixá-las em uma fruteira na cozinha, pois, elas amadurecem melhor fora da geladeira. Fruteiras grandes e espaçosas são as melhores para este tipo de armazenamento.

Muitas delas, além de funcionais, ainda possuem design arrojado e moderno. Então, se sua fruteira está enferrujada ou desgastada, invista em um móvel novo. Opte pelo serviço de armazenagem de móveis até que saiba como dar um destino adequado ao antigo e curta uma bela cozinha colorida e aromatizada pelas frutas!

Se você quiser saber mais sobre como conservar frutas, entre agora na Localbox, e encontre as melhores soluções em Armazenagem, Self Storage e Guarda Móveis. Clique já!