Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Monthly Archive for março 2012

Como “guardar” seu animal de estimação quando for viajar

Como guardar seu animal de estimaçãoVocê alguma vez já deixou de fazer uma viagem porque não tinha com quem deixar o seu animal de estimação? Ou mesmo deixou a casa só para ele com comida e água a vontade, mas ficou com uma dorzinha no coração na hora de partir? É uma situação muito difícil, nós sabemos, mas uma coisa que pode ser feita e está se tornando cada vez mais difundida por aqui é hospedar seu pet em um Hotél para Animais.

Se você ainda não conhece esse tipo de serviço, vale a pena conferir! É uma maneira bem interessante que muitos apaixonados por seus bichinhos aderem quando vão passar alguns dias fora. Dessa forma, os animais têm companhia, atenção, carinho e principalmente segurança por estarem em um lugar onde todas as atenções serão voltadas para eles.

Conheça bem o Hotel para Animais antes de hospedar o seu pet

Porém, como todo tipo de hotel, vale a pena conhecer bem o lugar visitando-o não só na internet, mas pessoalmente, conhecendo os profissionais e averiguando as suas condições antes de agendar uma hospedagem. Afinal de contas, temos que garantir o melhor para nossos bichinhos.

É por isso que a Localbox deixa aqui algumas dicas para você se certificar de que o Hotel escolhido é de confiança e cumprirá todas as promessas contratuais. Aqui vão elas:

1. Converse com os profissionais do local e dê uma boa olhada no lugar e no estado dos outros animais: a primeira impressão conta e muito nesses casos;

2. Preste bastante atenção também nas portas e na segurança em geral: veja se não há perigo de que seu animalzinho escape.

3. Confira também se o lugar é bem limpo e se contém uma área a céu aberto: seu bichinho precisa de um espaço bom para brincar.

4. Pergunte se eles costumam usar gaiolas, e prefira os lugares que não usam, principalmente se o seu pet não está acostumado.

5. Considere um convênio com veterinários e também um banho/tosa incluso no pacote como diferenciais: nem todos os lugares oferecem essas vantagens.

Faça também a sua parte

Os Hotéis para Animais de qualidade também costumam exigir a carteirinha de vacinação de seu animal de estimação, e caso ela não esteja em dia, você não poderá hospedá-lo. Portanto, não deixe de vaciná-lo em dia, ainda mais porque isso é uma questão de saúde!

A última dica de hoje, e que pode fazer toda a diferença na estadia do seu bichinho, é levar a comida e os pertences dele(a) para que ele(a) não estranhe o ambiente. Dessa forma, você e ele(a) ficam mais tranquilos e sua viagem será muita mais proveitosa!

Quais documentos guardar e por quanto tempo para Pessoas Jurídicas

Prazo para guardar documentos: Pessoa JurídicaComo no último post falamos sobre quais documentos deveríamos guardar para pessoa física e por quanto tempo, resolvemos dessa vez esclarecer o assunto para as Pessoas Jurídicas, tanto para quem já tem a sua empresa quanto para quem pretende abrir uma algum dia.

Assim como em nossas próprias casas, temos que evitar ficar guardando uma grande quantidade de papelada desnecessária em nossos  escritórios, e principalmente nas gavetas das mesas, que podem virar verdadeiros cemitérios de papéis. Para não se atrapalhar com a documentação e evitar problemas fiscais e trabalhistas, confira a seguir a lista de prazos para guardá-los.

Prazos para guardar documentos – Pessoa Jurídica

CAT (Comunicação de Acidente no Trabalho): Recomenda-se guardar a CAT em seus arquivos por 10 anos, depois ela não é mais necessária.

Comprovante de exercício de atividade remunerada dos segurados: Assim como os seus contratos individuais, não existe um prazo ideal para guardá-los. O melhor mesmo é sempre manter os papéis originais arquivados.

Documentação de Retenção ao INSS: Guarde-a também por 10 anos para poder comprovar caso haja alguma complicação.

Folha de Pagamento: Juntamente com a Guia da Previdência Social, deve ser mantida por no mínimo 10 anos, o que também é bom, caso você queira fazer alguma consulta sobre as movimentações que ocorreram na empresa.

Comunicado de Aviso Prévio, Pedido de Demissão e Termo de Recisão de Contrato de Trabalho: O prazo de 2 anos basta para que você possa descartar esses documentos.

Comprovante de Renda Pago e de Retenção na Fonte: Da mesma forma que o Recibo de Entrega do Vale Transporte, esses documentos devem ser retidos por 5 anos.

Recibo de Pagamento de Salário, Férias e 13°: Esses recibos são muito importantes e devem ser guardados nos seus arquivos pelo período de 10 anos.

Per/Dcomp, DCTF, Dirf, Dmob, Declaração do ITR, Dacon e DIPJ: Esses documentos da área de contabilidade devem ser mantidos por no mínimo 5 anos.

Relação de Depósitos Bancários de Salários e FGTS: A Relação de Depósitos Bancários de Salários deve ser guardada por 5 anos, enquanto os depósitos FGTS, assim como os Gfip/Sefip, devem ser mantidos pelo período de 30 anos.

Caged e Cofins: O Caged deve ser mantido por 3 anos, enquanto os Cofins devem ficar armazenados por 10 anos.

Organize a documentação de sua empresa

Sabendo agora desses prazos, você poderá organizar muito melhor a documentação de sua empresa para não ficar guardando documentos que você nunca utilizará. Lembre-se novamente de reciclar toda a papelada que você jogará fora, pois assim além de fazer uma limpeza no seu ambiente de trabalho, você estará ajudando a natureza.

Se você quiser saber mais sobre como organizar seus documentos, entre agora no site da Localbox, lá você encontra as melhores soluções em Armazenagem, Guarda Móveis e Self Storage. Clique aqui e conheça mais sobre a Localbox.

Esperamos que tenha gostado! Continue acompanhando o nosso Blog.