Qual o uso?

Todos os campos são obrigatórios
Todos os campos são obrigatórios

Monthly Archive for janeiro 2012

Como conservar seus CDs, DVDs e BlueRays

Como conservar CDs, DVDs e BlueRaysComo falamos no post anterior sobre os discos de vinil e demos dicas de conservação de LPs que está retornando com força ao mercado da música, pensamos que não poderíamos deixar de lado as outras mídias, que são hoje em dia muito mais populares: os CDs, DVDs e BlueRays. Isso porque, mesmo com toda a pirataria e downloads pela internet, os verdadeiros amantes de música e filmes de qualidade fazem questão de ter as suas obras primas favoritas guardadas em casa.

Vamos então ao post de hoje, com dicas de manuseio, armazenamento e limpeza de seus CDs, DVDs e BlueRays. Confira as dicas da LocalBox, empresa especializada em Self Storage, e veja como manter os seus artigos bem conservados!

Dicas para manusear CDs, DVDs e BlueRays

– Ao manusear seu disco, procure sempre segurá-lo pelas bordas ou pelo furo central. Evite tocá-lo na região de leitura pois você poderá sujá-lo com a oleosidade das mãos, o que pode ocasionar manchas e diminuir seu tempo de vida.

– Sempre que for guardar seu disco na embalagem, verifique se ele está preso nos “dentinhos” centrais. Mídias soltas podem sofrer arranhões ou podem cair no chão e quebrarem ao abrir da capa protetora. Se os “dentinhos” da capa estiverem quebrados, troque-a por uma nova que você pode comprar facilmente pela internet ou em lojas de música.

– A surperfície gravada dos CDs, DVDs e BlueRays são muito sensíveis, portanto, evite deixa-los apoiados em qualquer lugar, e principalmente sobre objetos ásperos ou ponteagudos.

Dicas para armazenar CDs, DVDs e BlueRays

– Assim como os livros e os LPs, se as mídias estiverem dentro de suas capinhas originais, você deve armazena-las verticamente. Dessa forma, além de preservá-los, fica mais fácil de organizá-los por ordem alfabética, tipos de filme ou de música, ou do modo que você preferir.

– Se você prefere guardá-los em pastas, prefira as grandes e com divisórias. Elas são mais seguras, evitam arranhões, e permitem que você transporte ou armazene muitas mídias em um espaço menor.

– Depois de ouvir sua música ou assistir seu filme, guarde novamente a mídia em sua capa ou pasta. Nunca guarde dois discos na mesma capa, nem deixe-os em drivers durante muitos dias, principalmente em computadores (pois eles acabam esquentando-os).

– Não deixe seus discos expostos à umidade ou ao calor, pois estes também diminuem a vida útil das mídias. Lugares frescos e arejados são os mais indicados.

– Utilize canetas adequadas para escrever em suas mídias, e só escreva no lado etiquetado de fábrica. Não utilize marcadores de papel nem post-it colados em nenhum dos lados de seus CDs, DVDs ou BlueRays, eles podem danificar não somente o disco como os players.

– Proteja-os de gordura, poeira e sujeira em geral.

Dicas para limpar seus CDs, DVDs e BlueRays

– Não utilize produtos abrasivos, flanelas e esponjas ásperas ou produtos químicos fortes, eles podem causar danos irreversíveis em sua mídia. Para a maioria dos casos de gordura, poeira ou sujeira em geral, um guardanapo descartável seco já basta.

– Caso a sujeira persista, siga os seguintes passos: coloque uma gota de detergente neutro na superfície de leitura do disco (apenas o detergente, sem água ainda); espalhe com um guardanapo em movimentos retos partindo do centro para fora (movimentos circulares podem causar danos); enxágue em água corrente; e finalmente seque com um papel toalha macio (não deixe secar ao sol);

Mantenha suas mídias em perfeito estado

O melhor mesmo é tratar seus CDs, DVDs e BlueRays com cuidado, pois dessa forma eles raramente exigirão grandes preocupações com manutenção. Manuseando, armazenando bem e mantendo-os limpos, os seus discos te acompanharão por muito mais tempo: mídias bem conservadas podem ter uma vida útil até 10 vezes maior do que o normal. Aproveite nossas dicas e bom divertimento.

O vinil voltou com força

Disco de Vinil Voltou com ForçaComo alguns de vocês já devem saber, o vinil está de volta. Na verdade, eles nunca deixaram de existir no coração dos apaixonados, colecionadores e DJs, mas com o advento dos CDs, MP3 e download de músicas pela internet, muitos chegaram a acreditar que aos poucos os tão cultuados discos desapareceriam. Mas para você que os guardou por todo esse tempo, desde os anos 80, 70, 60 ou menos, a LocalBox deixa umas dicas de novos equipamentos e de técnicas de conservação. Confira!

O vinil chegou a desaparecer?

O vinil em si nunca desapareceu, já que muitos adoram até mesmo fazer verdadeiras exposições em suas prateleiras e vêem na sua qualidade incomparável com as novas mídias a justificativa para fazer a manutenção de suas antigas vitrolas e gramofones. Mas quanto a produção de discos de vinil, pelo menos no Brasil, podemos dizer que sim.

A sua morte havia sido decretada definitivamente em 2007, quando a única fábrica restante do Brasil, e também da américa latina, a Polysom anunciou o encerramento de suas atividades. Entretanto, principalmente na Europa, a sua produção estava crescendo e os brasileiros interessados acabavam tendo de importá-los, pagando verdadeiras fortunas.

Mas graças a DeckDisc, uma das gravadoras que mais lança CDs no nosso país, essa realidade mudou. Em 2009, ela comprou a Polysom, juntamente com seus equipamentos, e passou a produzir novamente os bolachões, tanto para os seus artistas como para qualquer um que desejasse, pois preferiu se portar como consumidora de serviços da Polygram para não limitar o desenvolvimento da música brasileira de qualidade em geral.

Acompanhando essa onda, muitas empresas que já possuíam tecnologia para a produção de pick ups toca discos aproveitaram para lançar vitrolas cada vez mais modernas e atendendo também ao novo público já nascido na era digital. Os modelos mais novos possuem saídas USB para a conexão com PCs e notebooks, onde o som dos vinis pode ser amplificado ou até mesmo captado e digitalizado. Alguns possuem conectividade direta inclusive com iPods.

Dicas de conservação de LPs

Para começar, assim como livros e CDs, a melhor posição para armazenar seus discos é a vertical. Procure  não apertá-los muito para que não haja atrito entre eles, mesmo que a capa possua uma proteção plástica (que aliás ajuda muito a não desgastar a sua arte). Evite a exposição excessiva dos discos à luz do sol e  lugares úmidos ou quentes, pois podem atrair fungos.

Ao manuseá-lo, nunca coloque a mão diretamente na surperfície, pegue seu disco pelas bordas ou pelo furo no centro, para que a gordura natural de nosso corpo não afete o seu funcionamento. Também não escreva diretamente em seu disco, principalmente com canetas que possuem solvente, pois com o movimento a tinta pode se espalhar e deteriorar as linhas de som.

A limpeza dos LPs  é fundamental para o prolongamento de sua vida útil. Existem no mercado produtos específicos, por isso não utilize qualquer produto de limpeza que não seja apropriado. O movimento deve ser feito com uma flanela do centro para fora, e não circular. Em caso de manchas de gordura, não esfregue a flanela, utilize um algodão para isso.

Por fim, ajuste o contrabalanceamento da agulha o mais leve possível para não gerar arranhões mais profundos. E se você não for DJ, não tente brincar de fazer scratches, pois para isso há pick ups especiais e agulhas especiais.

No mais, aproveitem os graves da plataforma que revolucionou a indústria musical no mundo e que que já completa mais de 60 anos no mercado!

Dicas de segurança para sua viagem

Dica de Segurança para ViagemAo planejar uma viagem, temos que nos preocupar com tantas coisas, como passagens, hotéis, transporte, alimentação, passeios, que muitas vezes nos esquecemos de alguns cuidados mais relevantes como a proteção de nossa casa e a preparação das malas. Foi pensando em facilitar a sua vida que a LocalBox resolver fazer um post com dicas sobre seguros e embalagem de malas.

Dicas valiosas para sua viagem

Em nossas viagens pelo Brasil ou para o exterior, o que nós queremos é sair da rotina, descansar e se divertir com família e amigos. Portanto uma notícia por telefone dizendo que sua residência foi roubada, ou chegar na área de desembarque e não encontrar as suas malas são coisas que podem nos abalar emocionamente e estragar toda a diversão. Por isso, algumas medidas preventivas que citaremos abaixo prometem evitar essas ocorrências ou ao menos diminuir suas possibilidades e seus efeitos.

Proteção das malas

Você acha importante embalar as suas bagagens naqueles quiosques que vemos nos aeroportos antes de despachá-las? Muitas pessoas que já sofreram com o extravio de suas malas ou com o furto de objetos em seu interior acreditam que sim. Apesar de ser um serviço pago (por volta de 30 reais) e não garantir nada, seus usuários afirmam que se sentem mais seguros além do fato de malas não sofrerem tantos impactos e durarem mais.

Existem algumas vantagens e desvantagens que podemos apontar em relação ao uso dessas proteções. Ao mesmo passo que não há garantias que sua mala será encontrada caso se perca durante o processo de transporte ao avião, as empresas responsáveis possuem um seguro indenizatório para esses imprevistos. O serviço não é barato, mas só de evitar que sua mala quebre ou rasgue com rapidez já faz valer a pena o investimento.

Sendo assim, para vôos com conexões, ou para aeroportos muito grandes ou famosos por ocorrências dessa natureza, é recomendado sim o uso da embalagem plástica. Só para citar, alguns aeroportos conhecidos por furtos e roubos de bagagem são os de Miami, Londres, Madri, Barcelona e também de Buenos Aires.

Nossa dica também é que você tranque a sua bagagem com cadeado de segredo, pois os normais são facilmente quebrados, tire fotos da sua mala antes e depois da embalagem para facilitar a identificação caso aconteça alguma coisa e marque-as também com fitas coloridas ou adesivos para que as pessoas não tenham a oportunidade de se confundirem na hora da retirada da esteira.

Seguro viagens

Seguros de viagens também são muito importantes para evitar dores de cabeça. Em seus diversos planos, eles oferecem reembolsos para atrasos e extravios de bagagens, assistência médica e odontológica tanto no Brasil como no mundo e talvez o mais diferente e interessante, seguros residenciais durante o período de sua estadia.

Isso mesmo, caso aconteça alguma coisa enquanto você está fora, você estará segurado e terá todo o auxílo. Portanto, verifique uma seguradora de confiança e faça um orçamento na hora de planejar a sua viagem.

Planejamento e prevenção podem ajudá-lo a viajar com tranquilidade e aproveitar  ainda mais o descanso merecido e desejado.