Quais documentos guardar e por quanto tempo para Pessoas Jurídicas

Prazo para guardar documentos: Pessoa JurídicaComo no último post falamos sobre quais documentos deveríamos guardar para pessoa física e por quanto tempo, resolvemos dessa vez esclarecer o assunto para as Pessoas Jurídicas, tanto para quem já tem a sua empresa quanto para quem pretende abrir uma algum dia.

Assim como em nossas próprias casas, temos que evitar ficar guardando uma grande quantidade de papelada desnecessária em nossos  escritórios, e principalmente nas gavetas das mesas, que podem virar verdadeiros cemitérios de papéis. Para não se atrapalhar com a documentação e evitar problemas fiscais e trabalhistas, confira a seguir a lista de prazos para guardá-los.

Prazos para guardar documentos – Pessoa Jurídica

- CAT (Comunicação de Acidente no Trabalho): Recomenda-se guardar a CAT em seus arquivos por 10 anos, depois ela não é mais necessária.

- Comprovante de exercício de atividade remunerada dos segurados: Assim como os seus contratos individuais, não existe um prazo ideal para guardá-los. O melhor mesmo é sempre manter os papéis originais arquivados.

- Documentação de Retenção ao INSS: Guarde-a também por 10 anos para poder comprovar caso haja alguma complicação.

- Folha de Pagamento: Juntamente com a Guia da Previdência Social, deve ser mantida por no mínimo 10 anos, o que também é bom, caso você queira fazer alguma consulta sobre as movimentações que ocorreram na empresa.

- Comunicado de Aviso Prévio, Pedido de Demissão e Termo de Recisão de Contrato de Trabalho: O prazo de 2 anos basta para que você possa descartar esses documentos.

- Comprovante de Renda Pago e de Retenção na Fonte: Da mesma forma que o Recibo de Entrega do Vale Transporte, esses documentos devem ser retidos por 5 anos.

- Recibo de Pagamento de Salário, Férias e 13°: Esses recibos são muito importantes e devem ser guardados nos seus arquivos pelo período de 10 anos.

- Per/Dcomp, DCTF, Dirf, Dmob, Declaração do ITR, Dacon e DIPJ: Esses documentos da área de contabilidade devem ser mantidos por no mínimo 5 anos.

- Relação de Depósitos Bancários de Salários e FGTS: A Relação de Depósitos Bancários de Salários deve ser guardada por 5 anos, enquanto os depósitos FGTS, assim como os Gfip/Sefip, devem ser mantidos pelo período de 30 anos.

- Caged e Cofins: O Caged deve ser mantido por 3 anos, enquanto os Cofins devem ficar armazenados por 10 anos.

Organize a documentação de sua empresa

Sabendo agora desses prazos, você poderá organizar muito melhor a documentação de sua empresa para não ficar guardando documentos que você nunca utilizará. Lembre-se novamente de reciclar toda a papelada que você jogará fora, pois assim além de fazer uma limpeza no seu ambiente de trabalho, você estará ajudando a natureza.

Esperamos que tenha gostado! Continue acompanhando o nosso Blog.

5 Respostas para “Quais documentos guardar e por quanto tempo para Pessoas Jurídicas”


  1. 1 Mateus

    obrigado pelas valiosas informações, me ajudou muito.

  2. 2 Gabriela Medeiros

    Senhores, boa tarde!

    Estou fazendo uma pesquisa e gostaria de saber por quanto tempo empresas de telefonia devem guardar os contratos com os clientes, informações em sistema, faturas geradas?
    Todas as informações que encontrei se referem aos consumidores ou aos documentos fiscais e trabalhistas, mas e neste caso, existe regulamentação especifica?

    Obrigada,
    Att.

  3. 3 thalita

    Olá Gabriela, tudo bem?
    Segundo a legislação, o tempo que os documentos devem ser guardados varia entre 1 e 10 anos, mas a média é de 5 anos. Entretanto, não há como determinar um tempo único para documentos de segmentos específicos, como o seu caso que são documentos gerais relacionados à registros de empresas de telefonia, visto que cada tipo de documento deve ser guardado por um período de tempo específico.
    Você pode verificar o tempo que por lei cada tipo de documento deve ser guardado nesse link: http://conv.ly/tempodocs

  4. 4 Maria Lucia dias

    Fechei minha microempresa este ano set.2013.Por quanto tempo terei que guardar notas fiscais de consumidor e de fornecedores, assim como outros documentos.

    grata.

    M.Lucia

  5. 5 Marcio

    Gostaria de saber depois de quanto tempo posso digitalizar e descartar os documentos físicos? Posso fazer isso depois de passado 80% do tempo total? Ou tenho que manter fisicamente até o final de sua vida útil?

    Exemplo documento com 10 anos de vida útil (Documentação de Retenção ao INSS), posso digitaliza-lo com 8 anos e descartar o físico? E depois de 2 anos exclui-lo digitalmente?

    Obrigado.

Deixe um comentário